Alt Idiomas

4 Dicas para aumentar o vocabulário em inglês através de leitura (reading)

Você vai encontrar muita gente falando ‘leia notícias’ ou ‘leia livros’ em inglês.

É claro que isso ajuda, mas pode ser bem desmotivante quando se trata de textos que estão muito acima do seu nível de inglês.

 


1. Considere a leitura como uma atividade prazerosa.

A leitura é um dos prazeres que nossa sociedade compartilha. Se você diz publicamente ou tem para si que ‘não gosta de ler’, certamente ainda não encontrou autores ou temas do seu gosto. 

Mais ou menos como ‘eu não gosto de comer’. Como assim? Entre brigadeiro, pudim, sorvete e pizza a pessoa vai encontrar algo que goste, não é? Leitura é assim também.

 


2. Saiba qual é o seu nível em inglês

O ideal é saber o seu nível de inglês para ler textos que estejam um pouco acima do seu nível, e não meses ou anos a sua frente. 

Com nossa longa experiência no ensino de idiomas e com base em pesquisas, aumentar o vocabulário envolve uma evolução quase que linear. Assim como qualquer outra habilidade.

>>> Se quiser saber o seu nível de inglês, pode Teste agora gratuitamente. 


2.1 – Se seu nível de inglês for ‘iniciante ou básico’

Leituras mais simples são as que indicamos. Livros com níveis graduados oferecem uma experiência boa de ler e treinar o cérebro a entender sem traduzir. Isso toma tempo e não há milagres aí. Mas podemos usar a sua inteligência para tentar ‘driblar’ isso.

Veja abaixo uma indicação de site que oferece uma leitura em inglês com textos mais simples. Isso pode ajudar com temas e vocabulário atual.

The Times in Plain English

2.2 – Se seu nível de inglês for intermediário ou avançado

A literatura graduada ainda é a melhor opção para desenvolver suas habilidades no idioma. Mas uma vez vencida a fase iniciante ou elementar do processo de aprendizado, você terá mais opções de leitura.

Recomendamos escolher aquelas que sejam atrativas para você em cada momento que estiver passando. Por exemplo, se estiver em férias, procure uma leitura que seja igualmente relaxante, divertida, emocionante ou até mesmo informativa.

Se está trabalhando, leituras de artigos dentro de sua área de atuação oferecem uma oportunidade para a aquisição eficiente de vocabulário por sua familiaridade com o assunto.

De uma forma geral, considere a leitura como um instrumento extraordinário de nossa época, à nossa disposição nas diferentes fases de nossa vida.

 


3. Leia mais e melhor

Quantidade não é sinônimo de qualidade, mas quanto mais você ler, é claro que vai se desenvolver. Se for algo que você gostar, é certo que vai ler mais. Separamos abaixo algumas sugestões de tipos de textos:

3.1 – Literatura Graduada:

Literatura original geralmente representa um desafio para nativos, seja em português, inglês, espanhol ou qualquer outro idioma.

Mas há opções de leituras graduadas por níveis.

Os programas de ensino de inglês Alt Idiomas incluem literatura ao longo de toda a sua extensão. Materiais graduados com base no CEFR, que oferecem uma leitura no grau de dificuldade mais próximo possível do seu nível a cada etapa do programa.

Além de desenvolver e incentivar a leitura, a literatura graduada representa uma oportunidade para evolução pois traz fluidez e exposição à novos aspectos do idioma na graduação perfeita para ser um desafio alcançável.

https://www.pearson.com/english/catalogue/readers.html

https://elt.oup.com/teachersclub/subjects/gradedreading/?cc=global&selLanguage=en

http://www.macmillanreaders.com/

Alguns exemplos em diferentes gêneros:

The Diary of a Young Girl, by Anne Frank

Harry Potter, by J.K.Rolling (se já for fã da série): www.wizardingworld.com 

The Black Cat, by Edgar Allan Poe

 

3.2 – Sites de notícias

Além de oferecer uma leitura rica em vocabulário, igualmente desafiadora também dependendo do nível, ler notícias internacionais vai ajudar a manter aquele nível ‘show’ de informação pra se manter na conversa com a galera.

The New York Times

The Washington Post
CNN 

BBC News

 


4) Use ferramentas próprias para desenvolver a habilidade de leitura

A empresa norte-americana Meta Metrics, desenvolveu um sistema que analisa o grau de dificuldade dos textos e é capaz de lhes atribuir uma nota nesta escala. Livros, artigos e textos em geral passam pela avaliação deste algoritmo e recebem sua pontuação.

Com estes dados em mãos é possível desenvolver um sistema que possa testar o leitor ou aluno, e descobrir qual é o grau de dificuldade que ele sente facilidade e qual terá dificuldade. Incrível, não é?

Ao juntando estas duas pontas, os educadores são capazes de oferecer sugestões de leitura ao aluno que se enquadrem um pouco acima de seu nível de Lexile: um desafio realizável que facilita e agiliza sua evolução.

Ao julgar os resultados do índice de leitura dos alunos americanos em inglês, o sistema Lexile é adotado em escolas de todos os 50 estados do país.

Obviamente, como tudo que conhecemos, o sistema é alvo de críticas pois há falhas na avaliação de alguns textos ou ainda pode oferecer um número limitado de obras que se enquadrem em um grau ou outro. Mas as centenas de ferramentas disponíveis na internet, tais como a https://www.achieve3000.com/  têm dado uma grande contribuição para a melhora nos níveis de leitura da população.

A avaliação do nível de Lexile é realizada com os alunos da Alt Idiomas que realizam os testes oficiais do TOEFL Jr.

 

Deixar um comentário