Alt Idiomas

Política sobre comentários e avaliações negativas

Pode se tratar de um crime.

O comentário ou a avaliação negativa podem ser enquadrados como crime de calúnia, injúria ou difamação e objeto de ação criminal prevista no Código Penal Brasileiro: e sempre que acontecer, estaremos discutindo a situação com nosso departamento jurídico para avaliar a necessidade de denúncia criminal junto ao ministério público e processo para reparação do dano por meio de indenização.

 

Alguns exemplos de crimes contra a honra:

1. Comentários que atribuirem falsamente que a pessoa ou a empresa tenha cometido algum crime.

2. Comentários com informações falsas sobre alguém ou sobre a empresa;

3. Xingar ou atribuir uma qualidade negativa (mesmo se fosse verdadeira), que trate da honra subjetiva desta pessoa ou empresa.

 

Mesmo se estes comentários ‘passarem pelos filtros dos crimes acima’ ou ainda não tivermos tomado as providências cabíveis, estamos compartilhando abaixo os 7 principais pontos que podem motivar avaliações ou comentários negativos na internet. Entenda quais podem ter sido o caso que você encontrou.

 

1) Atender a todas as expectativas ou agradar a todos eternamente é impossível.

Pessoas podem concordar ou não com algumas das escolhas que precisamos fazer. Nossa missão norteia nosso trabalho com o máximo de transparência possível. Estamos sempre abertos a ouvir e a melhorar o que entendemos ser necessário e ao nosso alcance.

Quando alguém não concorda com a forma como trabalhamos, o canal está sempre aberto para conversarmos e encontrarmos uma solução equilibrada.

 

2) Problemas envolvendo pagamentos.

Por mais que nossa equipe ame o que faz, precisamos manter a atividade através de cobrança. Geramos empregos, pagamos impostos. Temos uma pequena porcentagem de inadimplência e a cobrança é necessária em alguns casos.

Quando nossos clientes nos procuram com questões financeiras, procuramos ser compreensivos e buscamos soluções para manter o equilíbrio saudável do relacionamento.

Falhas em compensações financeiras ou mudanças no sistema bancário acontecem e são compreendidas. Porém as reações ao contato do nosso departamento financeiro podem ser as mais diversas. De qualquer forma, procuramos sempre agir para solucionar essas questões o mais rápido possível. 

 

3) Não facilitamos as provas só porque o aluno ‘ficou bravo’.

Aprendizado é um desafio que pode ser fácil para uns, mas difícil para outros. Tirar uma nota baixa ou até mesmo ficar de dependência é uma frustração (inclusive para nós). Oferecemos reforço e opções para ajudar o aluno. A grande maioria consegue um bom resultado, mas uma pequena porcentagem precisa de recuperação e um trabalho paralelo que oferecemos. Mas isso exige esforço como qualquer outra habilidade.

Não concordamos com o “quebra o meu galho aí, vai”. “Não precisa fazer isso pra todo mundo”. Ao negarmos esse tipo de acordo, corremos o risco de ser alvo de ódio como qualquer outra empresa séria.

 

4) Possíveis falhas pontuais.

Todos estão sujeitos a falhas por mais que tentemos minimizar as possibilidades delas acontecerem: não existe critério de seleção, profissionais ou procedimentos infalíveis. Se você percebeu alguma falha, converse conosco. Vamos trabalhar para corrigir e evitar que ocorra novamente. 

A postura de um cliente verdadeiramente preocupado com a qualidade é contribuir com a melhoria.

 

5) Administração de equipe envolve decisões que nem sempre são agradáveis.

A frustração de não ser escolhido para uma vaga de trabalho em nosso criterioso processo seletivo, por exemplo, pode motivar declarações negativas na internet. 

Profissionais também podem ser demitidos como acontece em qualquer empresa. Buscamos acolher nossa equipe da melhor forma possível e com transparência. Oferecemos treinamento e suporte mas não somos pretensiosos para afirmar que nossos profissionais nunca erram ou nunca vão errar. 

Ao ouvir somente um lado da história, os familiares e amigos de uma pessoa que tenha sido dispensada podem usar as redes para atacar empresas. Entendemos ser um tipo de discussão que não precisa ser feita publicamente. Inclusive para proteger a própria reputação da pessoa.

 

6) O sucesso também gera ódio e inveja.
Temos concorrência que nos vê como inimigos, pois buscamos fazer o melhor por um preço o mais acessível possível.

Isso gera alegria naqueles que compartilham de nossos princípios, mas também gera desconforto em outras pessoas.

Há ainda haters profissionais contratados para difamar, por mais absurdo que isso possa parecer. Felizmente e por base em princípios robustos, temos clientes que podem atestar nossa busca por excelência ao longo de tantos anos de amor ao trabalho que realizamos.

 

7) Linchamento público geralmente é crime. Além de ser algo que repudiamos.

Buscamos tomar medidas cabíveis quando atitudes profissionais ou de clientes ultrapassam os limites do bom relacionamento ou da lei. É ilegal a exposição pública de quem quer que seja. Isso é também um de nossos 10 mandamentos internos – quem já fez parte da equipe sabe disso.

Imagine se as empresas fizessem de forma pública comentários negativos sobre os profissionais ou clientes: ‘roubou o caixa’, ‘não sabe lidar com público’, ‘assédio com a secretaria’. ‘humilhou nossa atendente’, ‘saiu sem pagar’. Isso não parece um crime? Pois é. A honra de uma empresa e de uma equipe também é protegida pela lei.

Tratamos estes assuntos de forma particular e damos chance de mudança às pessoas.

Um princípio que rege nossas atitudes é ouvir o outro lado antes de julgar. Por mais curioso que você tenha ficado sobre os motivos que embasaram a declaração negativa, não vamos expor este cliente ou ex-funcionário publicamente.

 

Considerações finais: buscamos melhoria em tudo em prol de uma sociedade evoluída.

Torcemos sempre pelo sucesso das pessoas e das empresas. Acreditamos numa sociedade evoluída e mais justa para todos. Com esta ideologia, cumprimentamos até os nossos concorrentes por suas conquistas justas. Torcer pelo bem e dar suporte para constante evolução é parte da conduta Alt Idiomas.

Procuramos manter nosso equilíbrio e apostamos numa sociedade cada dia mais capaz de compreender o comportamento das pessoas, inclusive a agressividade gratuita, de ajudá-las a caminhar e agir de uma maneira mais empática.

Se tiver alguma crítica, sugestão ou elogio (sim, gostamos muito!), estamos disponíveis para uma conversa. Sinta-se à vontade para entrar em contato com a Alt Idiomas.

 

Deixar um comentário